Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/02/19 às 15h09 - Atualizado em 15/02/19 às 16h28

Sejus realiza estudo para a retomada de cursos de profissionalização nas unidades prisionais

 

Com foco na ressocialização do cidadão em conflito com a lei, a Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus/DF), através da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso do Distrito Federal (Funap-DF) intensificou a atuação no processo de reinserção social de pessoas em privação da liberdade.

 

Atualmente a instituição faz estudo técnico para retomar as atividades de panificação nas unidades prisionais, paralisadas desde a sua inauguração, em 2013, pela falta de um estudo de viabilidade. A Funap deverá investir ainda no melhoramento das oficinas que já estão em funcionamento, como marcenaria, serralheira e corte e costura. Para isso, buscará parcerias com outras instituições governamentais e com a iniciativa privada.

 

A ideia da Sejus, que tem à frente o secretário Gustavo Rocha, é ampliar o número de vagas para receber os socioeducandos, assim como ampliar as competências da Funap. Para isso, a Fundação investirá na modernização das suas estruturas e atividades.  De acordo com o secretário, “é importante dar suporte às pessoas com privação de liberdade para que elas tenham a oportunidade de ser reintegradas à sociedade com dignidade”. Para ele, é muito relevante as parcerias entre o poder público e instituições privadas, pois garante o retorno do plano de negócios estabelecido.

 

Para a diretora executiva da Funap, Deuselita Martins, é fundamental assegurar a oferta de educação e qualificação profissional aos reeducandos atendidos pela entidade. “Ressocializar é dar ao preso o suporte necessário para reintegrá-lo a sociedade. É dar a ele uma chance de mudar, de ter um futuro melhor independentemente daquilo que aconteceu no passado”, afirma a diretora.

 

Há pouco mais de um mês à frente da Fundação, a diretora adiantou que fará chamamento público para a captação de investimentos e de profissionais aptos a atuarem na gestão da lavanderia industrial hospitalar.

 

Ressocialização

 

Além do processo de ressocialização, os cursos preparam o preso para diversos segmentos do mercado, levando em consideração o perfil de cada unidade prisional e as demandas da sociedade. Há capacitações na área da construção civil, elétrica, vendas, administração, informática, empreendedorismo, agropecuária.

Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso - Governo de Brasília

FUNAP

Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso - FUNAP/DF SIA Trecho 02 Lotes 1835/1845 1º Andar - CEP: 71200-020 Telefone: 3233-8215 | E-mail funapdf@yahoo.com.br