Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/02/19 às 14h16 - Atualizado em 21/03/19 às 16h58

Sejus quer zerar fila de trabalho para presos em regime semiaberto no DF

 

 

Uma atualização cadastral nos bancos de dados da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) resultou no surgimento de 500 vagas para a contratação de apenados nos postos de trabalho com os quais a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap) possui convênio. Com isso, a Sejus espera zerar a fila de espera para os cerca de 600 apenados aptos ao ingresso no mercado de trabalho por meio do programa. No período entre janeiro e fevereiro deste ano, a Funap inseriu no mercado de trabalho cerca de 200 pessoas.

 

“Todo o nosso esforço visa contribuir para a reintegração social das pessoas presas”, explica o secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha. A Funap, órgão vinculado à Sejus, atua como intermediadora da mão de obra carcerária junto às empresas públicas e privadas para inserção de apenados em postos de trabalho.

 

Atualmente a Funap mantém vigentes 79 contratos de trabalho com órgãos do governo do Distrito Federal, como secretarias e administrações regionais; órgãos da esfera federal e quatro empresas privadas. No momento estão contratados através do programa cerca de 1.200 apenados que integram o sistema semiaberto.

 

Dados

 

De acordo com diretora-adjunta para Assuntos Sociais e Profissionais da Funap, Carla Alves Araújo Monteiro, a atualização dos dados ocorre por meio do preenchimento de uma ficha em que são solicitadas informações, não só profissionais, mas que englobam a situação familiar e vulnerável do reeducando.

Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso - Governo de Brasília

FUNAP

Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso - FUNAP/DF SIA Trecho 02 Lotes 1835/1845 1º Andar - CEP: 71200-020 Telefone: 3233-8215 | E-mail funapdf@yahoo.com.br